Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Bíblia Online

[ cristoevida.com ]

  • youtube
  • Instagram
  • twitter

Artigos

IGREJA BATISTA FUNDAMENTALISTA CRISTO É VIDA
www.cristoevida.com


Presunção

19/01/2012


 

Que pecado que mais temo atualmente?

Que atitude tenho medo de ter  - mesmo sem estar consciente de estar desenvolvendo-a em minha vida, num auto-engano?

Nesses dias tenho pensado na terrível PRESUNÇÃO, pois vejo quanto ela é enganosa e maligna e destruidora.

Quanto mais vivo a experiência de ser pastor, de aconselhar pessoas, de participar de seus dramas, de suas dores e derrotas, mais se torna nítida para mim como a presunção tem destruído vidas, abocanhado incautos e enganado crentes e descrentes.

 

É difícil convencer alguém que de sua presunção, pois ser presumido significa também que está sendo enganado, que foi iludido e completamente convencido de que está certo – e todos, então, estão errados (inclusive quem lhe aconselha).

 

A destrutiva presunção atinge a todos. Eu como pastor há 25 anos da mesma igreja, casado há 32 anos com a mesma mulher, vivendo com Cristo há 31 anos, me tremo quando leio Eclesiastes 4:13 (“Melhor é a criança pobre e sábia do que o rei velho e insensato, que não se deixa mais admoestar.”).

 

Sim, rei velho, como pastor que se julga experiente, pode cair na armadilha da presunção e não se deixar mais admoestar – pela Palavra, por sua família, pelos colegas e pelos irmãos.

Ora, se até pessoas que foram chamadas para liderar e que o SENHOR lhes deu a experiência dos anos, podem cair na presunção de acharem que estão sempre certos e assim tomar decisões e assumir atitudes arrogantes, quanto mais aqueles que não têm a experiência da vida, que não passaram pela perseverança de servir por anos e anos e que nunca souberam o que seja guiar um povo, vivenciando alegrais e tristezas, derrotas e vitórias, vendo o guiar contínuo de Deus?

 

A palavra “presunção”,  como substantivo, aparece duas vezes na Bíblia. O sentido é de ter a arrogância de pensar, julgar ou mesmo fazer algo além do que convém e do que seja certo. Nesse sentido é o mesmo que pretensão (um suposto ‘direito’ de achar-se o tal - por estar cheio de vaidade).

 

A primeira vez que presunção aparece é em Deuteronômio 18:20 (“Porém o profeta que tiver a presunção de falar alguma palavra em meu nome, que eu não lhe tenha mandado falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta morrerá.”). Aqui fica clara a pretensão do falso profeta em declarar a vontade de Deus sem ter ouvido a voz de Deus.

 

A outra ocorrência está em 1 Samuel 17:28, quando Eliabe, o irmão mais velho, julga mal o interesse de Davi no confronto do gigante Golias, e o acusa de pretensioso: “E, ouvindo Eliabe, seu irmão mais velho, falar àqueles homens, acendeu-se a ira de Eliabe contra Davi, e disse: Por que desceste aqui? Com quem deixaste aquelas poucas ovelhas no deserto? Bem conheço a tua presunção, e a maldade do teu coração, que desceste para ver a peleja”.

 

O presunçoso está errado - mas pensa que está certo. Ele se engodou em seus próprios raciocínios, e nada nem ninguém pode demovê-lo de suas opiniões e conceitos acerca de si mesmo. Para ele, ele está certo, embora tudo esteja dando errado, mesmo que ele seja um fracasso. Pois para ele todos é que estão errados, pois ele é quem sabe. Ele não se deixa admoestar – nunca poderá cogitar que pode estar errado.

 

Este mal acomete a velhos, pessoas maduras, jovens e crianças. É universal. Por isso todos precisam ter cuidado com ela. Ela é enganosa, enche a pessoa de orgulho e de ilusão quanto a si, por isso é necessário ser humilde e clamar por discernimento ao SENHOR. Ela cega, impede da gente se colocar no lugar do outro, impossibilita pensar que ele pode estar errado. Assim, precisamos de um milagre para escapar dela.

 

Portanto, pensemos:

Por que na Palavra de Deus estão escritas estas exortações?

“Como diz o Espírito Santo: Se ouvirdes hoje a sua voz, não endureçais os vossos corações...” (Hebreus 3:7-8).

Deus não joga conversa fora. Se Ele adverte quanto ao ouvir a Sua voz e, mesmo assim, endurecer o coração, é porque esse perigo é real .

Há muitos homens de corações endurecidos e de dura cerviz – e eu posso ser um deles (há grande possibilidade de eu ser um deles – e você?).

 

Estêvão, em Atos 7:51, também foi usado pelo Espírito Santo para nos exortar quanto a presunção:
Homens de dura cerviz, e incircuncisos de coração e ouvido, vós sempre resistis ao Espírito Santo” .

Vamos fazer um teste:

1 – Em seus últimos problemas e situações difíceis pelas quais você passou, em que pontos você estava errado?

Nenhum? Que presunção, hein?

Ah, estava errado.

Reconheceu isso? Pediu perdão? Não?!!! Que orgulhoso, que coração endurecido, não é?

 

2 – Nos últimos meses, em que partes você reconhece que esteve surdos à voz de Deus?

Não sabe? Hum, então, esteve atento à própria voz... cuidado!

 

3 – Em que situações – sejamos sinceros – você permaneceu em seu trono, orgulhoso, sendo deus de si mesmo – não admitindo seus erros e pecados?

 

Por que Jesus diz em Apocalipse 3:20 que está batendo à porta de seu coração?

Você já pensou nisso?

Se bate, é porque você não ouviu Ele chamar.

Se bate, é porque Ele está do lado de fora.

Se bate, é porque Ele insiste em querer entrar (não é hora de quebrantar esse esclerosado coração, e deixá-lO entrar para Ele reinar?)

Todo presunçoso tem um coração petrificado, tem ouvidos surdos e um espírito altivo.

Mas, Deus insiste conosco:

Dai ouvidos à minha voz e eu serei o vosso Deus, e vós sereis o meu povo; e andai em todo o caminho que eu vos mandar, para que vos vá bem” (Jeremias 7:23).

 

Creio que agora é um bom tempo de nos ajoelharmos e orar!


Pr. José Nogueira


2012-01-19 00:00:00

TV Cristo é Vida - Ao Vivo aos Domingo
Israel 2018

© IBFCV • Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Avenida K, nº 911 - Planalto da Barra - Vila Velha - Fortaleza - Ceará - Brasil - CEP 60348-530 - Telefone: +55 85 3286-3330