Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Bíblia Online

[ cristoevida.com ]

  • youtube
  • Instagram
  • twitter

Artigos

IGREJA BATISTA FUNDAMENTALISTA CRISTO É VIDA
www.cristoevida.com


O Reencontro

20/01/2012


1    E levantou Jacó os seus olhos, e olhou, e eis que vinha Esaú, e quatrocentos homens com ele. Então repartiu os filhos entre Lia, e Raquel, e as duas servas. 

2    E pôs as servas e seus filhos na frente, e a Lia e seus filhos atrás; porém a Raquel e José os derradeiros. 

3    E ele mesmo passou adiante deles e inclinou-se à terra sete vezes, até que chegou a seu irmão. 

4   Então Esaú correu-lhe ao encontro, e abraçou-o, e lançou-se sobre o seu pescoço, e beijou-o; e choraram. 

Gênesis 33:1-4

 

Não estou pensando tanto no reencontro de Jacó e Esaú. O texto é apenas um pretexto. Um gancho que me trouxe a pensar no valor de reencontros. Uma inspiração para sentir tantas coisas que estão envolvidas num simples se deparar com pessoas que não víamos há muito tempo, mas que nunca estiveram longe do coração.

 

Há reencontros e reencontros.

 

Há reencontros frios, formais, que são tão insignificantes quanto era a presença, tão sem graça quanto foi a partida, e tão sujeito ao esquecimento como foi a própria distância. Aqui o tempo e espaço não são sentidos, pois sempre foram inexpressivos.

 

Mas, há reencontros de coração.

Ah, nesses um simples olhar diz tudo: quanta saudade!

E levantou Jacó os seus olhos, e olhou, e eis que vinha Esaú...”

O olhar recarrega a memória. Então, o coração bate forte. A alma vibra.

Esaú e Jacó se abraçaram, perderam as forças nas pernas e se sustentaram um no outro, e choraram! Que reencontro!

 

Quantas lembranças afloram – um sentimento de perda de tempo: por que ficamos tão distantes?

Os momentos tristes, as desavenças e os contratempos são esquecidos.

As coisas boas é que ficam patentes, latentes, elas pulsam na memória.

O abraço é a mensagem do espírito: nunca mais queremos ficar longe um do outro.

 

O bom reencontro sempre deixa mais saudade ainda.

Ele não alivia o sentimento de perda. Ele fortalece o amor, anima as lembranças, traz à tona o bom passado. Ele revigora o presente, e enche de esperança o futuro.

Se houve reencontro, logo o passado não morreu. Tudo sempre ficou guardado, tão próximo e tão íntimo - que a distância não conseguiu separar, nem tempo apagar.

 

Fico pensando também em nosso reencontro com Cristo – será que podemos chamar de reencontro o estar, no futuro, perante Ele face a face?

Seria mais teológico chamar de Encontro?

Como poderá ser ENCONTRO se já O encontrei?

Ele entrou em minha vida – mais real, tangível, vivo, mais pessoal, poderoso e amoroso do que qualquer outro encontro.

Meu reencontro com Ele será apenas diferente em sua natureza: o primeiro foi e é pela fé, abstrato, sem ver, sem tocar, sem sentidos. O segundo é de ver, de tocar, de sentir, de estar perante a concretude da realização da fé. Sinto estranhamente saudade desse encontro! Sonho com isso. Ah, como anelo!

 

Disse Jesus:

Assim também vós agora, na verdade, tendes tristeza;

 mas outra vez vos verei, e o vosso coração se alegrará,

 e a vossa alegria ninguém vo-la tirará.”

João 16:22

 

Agora, pois, é o momento de desfrutarmos desse encontro pela fé. Oremos.


Pr. José Nogueira


2012-01-20 00:00:00

TV Cristo é Vida - Ao Vivo aos Domingo
Israel 2018

© IBFCV • Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Avenida K, nº 911 - Planalto da Barra - Vila Velha - Fortaleza - Ceará - Brasil - CEP 60348-530 - Telefone: +55 85 3286-3330