Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Bíblia Online

[ cristoevida.com ]

  • youtube
  • Instagram
  • twitter

Artigos

IGREJA BATISTA FUNDAMENTALISTA CRISTO É VIDA
www.cristoevida.com


Para o crente o viver é Cristo, e o morrer é lucro

Filipenses 1:21-23


Pr. José Nogueira

Quando Moisés contemplou a brevidade da vida, ele orou:
“Ensina-nos a contar os nossos dias” (Salmo 90:12).
É bom pensarmos na morte. Devemos viver bem para que morramos bem. Parte do viver bem inclui o aprendermos
por que a morte é lucro.
Por ocasião da morte de alguém que muito amamos – como a nossa querida irmã Clarice, nós choramos. Choramos de saudade, não por pena dela. Choramos com pena de nós mesmos que ficaremos sem ela por algum tempo. Porém, a promessa do SENHOR Deus é clara: ela está agora incomparavelmente melhor!
Choramos como Davi, no sepultamento de seu grande amado amigo Jônatas: “Como caíram os poderosos, no meio da peleja! Jônatas nos teus altos foi morto. Angustiado estou por ti, meu irmão Jônatas; quão amabilíssimo me eras! Mais maravilhoso me era o teu amor do que o amor das mulheres. Como caíram os poderosos, e pereceram as armas de guerra!”
Davi conhecia o Deus da Palavra e a Palavra de Deus. Conhecia Jônatas, sua fé em Deus e sua confiança nas promessas de Deus. Sabia que Jônatas estava com o SENHOR (Salmo 23:6). Porém, podia dizer na intimidade da amizade com seu grande amigo:
Jon, que falta você me faz!
Assim, na Bíblia Sagrada há, pelo menos, cinco razões pelas quais podemos afirmar com toda a segurança que para o verdadeiro crente o morrer é lucro. Mas elas representam apenas um pouco das glórias que estão reservadas para os servos de Deus no porvir. Por exemplo, elas não contemplam a grande glória da ressurreição; mas, embora fiquem aquém daquele grande Dia, existe o suficiente para nos deixar sem fôlego e dizer, como Paulo:

Para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro.

Clarice Pinheiro

1. No momento da morte, os crentes são aperfeiçoados.
Não haverá mais pecado em nós. Acabaremos com a luta interior e com os desapontamentos
de ofender o Senhor, que nos amou e a Si mesmo se entregou por nós.
“Mas tendes chegado ao monte Sião e à cidade do Deus vivo, a Jerusalém celestial, e a incontáveis hostes de anjos, e à universal assembléia e igreja dos primogênitos arrolados nos céus, e a Deus, o Juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados”
Hebreus 12:22-23

2. No momento da morte, somos libertos do sofrimento deste mundo.
Ainda não desfrutaremos da alegria da ressurreição, mas teremos o gozo de ser livres do sofrimento. Jesus contou a história de Lázaro e o rico para mostrar a grande reversão que ocorre na morte:
“Então, [o rico] clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim! E manda a Lázaro que molhe em água a ponta do dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama. Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro igualmente, os males; agora, porém, aqui, ele está consolado; tu, em tormentos”
Lucas 16:24-25

3. No momento da morte, ganhamos profundo descanso em nossa alma.
Haverá uma serenidade sob o olhar e o cuidado de Deus que ultrapassa qualquer coisa que
já conhecemos neste mundo, no mais brando entardecer de verão, ao lado da mais bela praia,
em nossos momentos mais felizes.
“Vi, debaixo do altar, as almas daqueles que tinham sido mortos por causa da palavra de Deus e por causa do testemunho que sustentavam. Clamaram em grande voz, dizendo: Até quando, ó Soberano Senhor, santo e verdadeiro, não julgas, nem vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra? Então, a cada um deles foi dada uma vestidura branca, e lhes disseram que repousassem ainda por pouco tempo”
Apocalipse 6:9-11

4. No momento da morte, experimentamos um profundo senso de estar em casa.
Toda a raça humana, mesmo sem perceber, sente muita falta de Deus.
Quando formos ao lar, para viver com Cristo, haverá um contentamento que excede
qualquer senso de segurança e paz que conhecemos.
 “Estamos em plena confiança, preferindo deixar o corpo e habitar com o Senhor”
2 Coríntios 5:8

5. No momento da morte, passamos a estar com Cristo.
Cristo é a pessoa mais maravilhosa que qualquer outra na terra. Ele é mais sábio, mais forte
e mais amável do que qualquer pessoa com quem nos alegramos em passar tempo.
Cristo é sempre interessante. Ele sabe exatamente o que fazer e o que dizer, em cada momento, para tornar os seus amigos tão felizes quanto puderem ser.
Cristo transborda amor e infinita percepção a respeito de como usar seu amor para fazer
que os seus sintam-se amados. Por isso, Paulo disse:
“Porquanto, para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro. Entretanto, se o viver na carne traz fruto para o meu trabalho, já não sei o que hei de escolher. Ora, de um e outro lado, estou constrangido, tendo o desejo de partir e estar com Cristo, o que é incomparavelmente melhor”
Filipenses 1:21-23

Com estas cinco razões para considerarmos a morte como lucro, vimos apenas a superfície da maravilha.
Existe mais — muito mais.

“Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu,e não subiram
ao coração do homem,são as que Deus preparou para os que o amam”

1 Coríntios 2:9


Pr. José Nogueira


2010-01-24 00:00:00

TV Cristo é Vida - Ao Vivo aos Domingo
Israel 2018

© IBFCV • Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Avenida K, nº 911 - Planalto da Barra - Vila Velha - Fortaleza - Ceará - Brasil - CEP 60348-530 - Telefone: +55 85 3286-3330