Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Bíblia Online

[ cristoevida.com ]

  • youtube
  • Instagram
  • twitter

Artigos

IGREJA BATISTA FUNDAMENTALISTA CRISTO É VIDA
www.cristoevida.com


O Engano de Satanás

1 Pedro 5:8-9


IGREJA BATISTA FUNDAMENTALISTA CRISTO É VIDA

ARTIGOS

Vincent Cheung

Vincent nasceu em Hong Kong (China), em 16 de setembro de 1976. Atualmente reside em Boston (EUA),  com a sua esposa Denise. Com apenas 34 anos é autor de dezenas de livros, inclusive de Teologia Sistemática e Apologética. Seus textos sobre vida cristã e espiritualidade são práticos e corretos. Sempre nos desafiam a vencer o comodismo e a ter um compromisso sério com Deus e Sua Palavra. O texto selecionado trata da importância da vigilância em nossa vida cristã.

O Engano de Satanás

Efésios 6:11 diz, "Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo" (v. 11). A palavra traduzida por "ciladas" aqui (grego: methodeia) refere-se à trapaça ou engano – engano é o "método" pelo qual Satanás procura derrotar o crente. É vestindo "toda a armadura de Deus" que seremos capazes de "ficar firmes contra" o diabo.

Pedro adverte que o diabo deseja nos atacar: "Estejam alertas e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar. Resistam-lhe, permanecendo firmes na fé, sabendo que os irmãos que vocês têm em todo o mundo estão passando pelos mesmos sofrimentos" (1 Pedro 5:8-9). Ele está nos dizendo para ficarmos acordados –– "estejam alertas e vigiem". Há um inimigo que deseja nos destruir, e ele é o diabo. Embora ele esteja "rugindo e procurando a quem possa devorar", nós podemos "resisti-lo" e permanecer inamovíveis em nossa posição de fé. O apóstolo João nos assegura, "Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não está no pecado; aquele que nasceu de Deus o protege, e o Maligno não o atinge" (1 João 5:18).

 

Deus nos instrui a estarmos preparados. O engano é a arma de Satanás. Ele mentirá para nós, e tentará nos bombardear com pensamentos e argumentos anti-bíblicos, e aqueles que falham em "escapar da armadilha do diabo" são "aprisionados para fazerem a sua vontade" (2 Timóteo 2:26). Por outro lado, Jesus diz, "Se vocês permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente serão meus discípulos. E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará" (João 8:31-32).


Somente os cristãos são verdadeiramente livres. O resto do mundo "está sob o controle do Maligno" (1 João 5:19). Este é o porquê somente os cristãos possuem e concordam com a verdade, e através das lentes da Escritura, eles são capazes de ver realmente como ela é. Com respeito aos não-cristãos, Paulo diz, "O deus desta era cegou o entendimento dos descrentes, para que não vejam a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus" (2 Coríntios 4:4). Todos os não-cristãos estão cegos em suas mentes, e dessa forma, negam a realidade. A mente é onde a batalha é travada. Mesmo após você se tornar um cristão, o diabo continuará a atacar a sua mente com mentiras, e a tentar minar sua fé em Cristo.

Jesus nos providencia alguns discernimentos valiosos sobre a natureza do diabo quando Ele diz aos fariseus, "Vocês pertencem ao pai de vocês, o diabo, e querem realizar o desejo dele. Ele foi homicida desde o princípio e não se apegou à verdade, pois não há verdade nele. Quando ele mente, fala a sua própria língua, pois é mentiroso e pai da mentira" (João 8:44). Quando o diabo diz uma mentira, ele está fazendo algo que é próprio de sua natureza. Mentir é natural ao diabo. Assim, ele ataca o povo de Deus espalhando mentiras que afastam as pessoas de Deus.

 

Isto significa que a natureza do nosso conflito espiritual contra o diabo é intelectual. Como Paulo diz: "As armas com as quais lutamos não são armas do mundo; ao contrário, elas têm poder divino para destruir fortalezas. Destruímos argumentos e toda pretensão que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levamos cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo" (2 Coríntios 10:4-5). As armas que Deus nos deu "têm poder divino para destruir fortalezas ", as quais são, na realidade, "argumentos" que são "contra o conhecimento de Deus". Assim, lutamos para "levarmos cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo". É assim que a batalha espiritual é feita, e é para este propósito que Deus nos deu "toda a armadura de Deus".

Continuando em Efésios 6:12, Paulo escreve, "Pois a nossa luta não é contra carne e sangue, mas contra governos e autoridades, contra os poderes deste mundo de trevas e contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais". A nossa luta não é natural, mas espiritual, e como estamos envolvidos numa batalha espiritual significa que nosso conflito tem a ver com intelecto, com idéias e argumentos.

Dizer que nossa luta é uma luta espiritual não faz dela uma luta mística –– uma que consiste de espadas invisíveis, escudos e setas. Ao dizer que temos armas com "poder divino", Paulo se refere à capacidade dada por Deus para "destruímos argumentos e toda pretensão que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levarmos cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo". Não pensemos, como alguns tendem a fazer, que por "espiritual" nos referimos a algo místico ao invés de intelectual, pois é a mente e o intelecto que trata com coisas espirituais.

 

Utilizando o poder de Deus através de um entendimento intelectual da verdade teológica, podemos ficar confiantes do resultado. Mencionamos no capítulo anterior que Deus está aplicando a você o mesmo poder que ressuscitou Jesus dos mortos. É este mesmo poder que energiza nosso trabalho cristão: "Nós o proclamamos, advertindo e ensinando a cada um com toda a sabedoria, para que apresentemos todo homem perfeito em Cristo. Para isso eu me esforço, lutando conforme toda a sua força, que atua poderosamente em mim" (Colossenses 1:28-29). Satanás não pode resistir a este poder. Este é o porquê quando "vestimos toda a armadura de Deus", seremos capazes de "ficar firmes contra as ciladas do diabo". Este é o porquê também o apóstolo Tiago pôde assegurar aos seus leitores, dizendo, "Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao diabo, e ele fugirá de vocês" (Tiago 4:7).

Certamente, ao discutir a obra do diabo, devemos guardar em mente que mesmo o diabo está debaixo do controle soberano de Deus, e que ele não pode fazer nada que não tenha sido ativamente decretado por Deus. Assim, até mesmo o diabo é um meio pelo qual Deus pode realizar os Seus próprios propósitos. A qualquer momento, Deus pode aniquilá-lo; contudo, Deus ordenou que deveríamos resistir ao diabo pelo conhecimento da Escritura e pela energia do Espírito – para a glória de Deus e para a nossa santificação.


Pr. José Nogueira


2010-09-20 00:00:00

TV Cristo é Vida - Ao Vivo aos Domingo
Israel 2018

© IBFCV • Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Avenida K, nº 911 - Planalto da Barra - Vila Velha - Fortaleza - Ceará - Brasil - CEP 60348-530 - Telefone: +55 85 3286-3330