Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Bíblia Online

[ cristoevida.com ]

  • youtube
  • Instagram
  • twitter

Koinonia
Reunião de Estudo Bíblico e Oração

Pipoca ou Piruá?



IGREJA BATISTA FUNDAMENTALISTA CRISTO É VIDA
www.cristoevida.com


KOINONIA 2005-05-16

Pipoca ou Piruá?

Amós 4:6-10


Pr. José Nogueira


Porém, se nos recusarmos a buscar verdadeiramente a Deus e, nesses momentos difíceis, teimamos em não aprender por não querer mudar, é porque somos PIRUÁ!

Milho de pipoca que não passa pelo fogo continua a ser milho para sempre.
Assim acontece com a gente.
As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo.
Quem não passa pelo fogo, fica do mesmo jeito - a vida inteira.

São pessoas de uma mesmice e uma dureza assombrosa.
Só que elas não percebem e acham que seu jeito de ser é o melhor estilo de vida.
Mas, de repente, vem o fogo.
O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos: a dor.

Pode ser fogo de fora:
perder um amor, perder um filho,
o pai, a mãe, perder o emprego, adoecer gravemente ou  ficar pobre.

Pode ser fogo de dentro:
pânico, medo, ansiedade,
depressão ou sofrimento,
cujas causas ignoramos.

Há sempre o recurso do remédio: apagar o fogo!
Sem fogo o sofrimento diminui.
Com isso, a possibilidade da grande transformação também.

Imaginemos o pobre milho, fechado dentro da panela.
Lá dentro, cada vez mais quente, pensa que sua hora chegou e que vai morrer.
Dentro de sua casca dura, fechado em si mesmo, ele não pode imaginar um destino diferente para si.
Não pode imaginar a transformação que está sendo preparada para ele.
O milho não imagina aquilo de que ele é capaz.
Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo, a grande transformação acontece:
BUM!!!

E ele aparece como uma outra coisa completamente diferente,
algo que ele mesmo nunca havia sonhado.
Bom, mas ainda temos o piruá, que é o milho de pipoca que se recusa a estourar.

Transforma-se em caroço de pipoca.

São como aquelas pessoas que, por mais que o fogo esquente, se recusam a mudar.
Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas  serem.
A presunção e o medo são a dura casca do milho que não estoura.
No entanto, o destino delas é triste, já que ficarão endurecidas a vida inteira.
Não vão se transformar na flor branca, macia e nutritiva.
Não vão dar alegria para ninguém.

Leia Amós 4:6-10!





Pedidos de oração:

MOTIVOS DE ORAÇÃO 1 – AGRADECER: Pela alta da Dona Lourdes e pelo tratamento que vai começar segunda-feira; Pela programação do dia das mães; Pelas celebrações do aniversário da fundação do Moderno estado de Israel; Pela recuperação da Jordana; Pela fé e gratidão da Esterzinha; Pelos bons resultados dos exames da Anne Karoline – não tem glaucoma. 2 – ORAR Pelo TOM – Tempo de Oração por Missões, na quarta-feira; Pelo Plano Bresser do Melo; Pelos alunos do CBD, da classe de Homilética: pregarão em junho; Pela mãe do Alexandre Aquino e pelos filhos (um com problemas com drogas e outro com alcoolismo); Pelo pai da Mara (conversão); Pela assembléia da igreja, em junho; Pelos governantes brasileiros – a fim de que saibam respeitar os direitos de Israel – Gn 12:3. 3 – CONTINUAR ORANDO: : Pelo tratamento do Nonato; Pelo irmão Jeová (erizipela e má circulação); Pelo Culto de Ações de Graça na casa do Mardem (dia 19); ); Pela Simone (do H. J.): com um tipo de câncer e várias complicações; Pela total recuperação da Dona Luiza, depois da ótima cirurgia de coração. 4 – PERSEVERAR EM ORAÇÃO: Pelo irmão do Romildo (D. Rubens); Pela documentação da casa da Graça Tabosa, junto a CEF; Pela Aline (da Auristela) e Débora (da Rita Ângelo): desviadas; Pela fase final dos processos tanto do Júnior (Trabalhista), como do Cláudio Filho (Cível); Pela Marleide (irmã da Marta): doente do coração e grávida – não é crente; Pelo tratamento da Stéfane Susan (7 anos), com leucemia; Pelo sobrinho do Juvenal (não é crente), quem tem câncer.

© IBFCV • Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Avenida K, nº 911 - Planalto da Barra - Vila Velha - Fortaleza - Ceará - Brasil - CEP 60348-530 - Telefone: +55 85 3286-3330