Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Bíblia Online

[ cristoevida.com ]

  • youtube
  • Instagram
  • twitter

Koinonia
Reunião de Estudo Bíblico e Oração

NÓS TAMBÉM FOMOS CHAMADOS



IGREJA BATISTA FUNDAMENTALISTA CRISTO É VIDA
www.cristoevida.com


KOINONIA 22/03/2016

NÓS TAMBÉM FOMOS CHAMADOS

LUCAS 10:1 A 11


Evangelista Giuvan dos Santos


INTRODUÇÃO

Em Lucas 10 podemos ver o envio dos 70 discípulos para anunciarem na Judéia a mensagem da salvação. Este acontecimento não deve ser confundido com o envio dos doze apóstolos (Mt 10; Lc 9: 1-11). As incumbências são semelhantes, o que é de se esperar, pois os dois grupos foram enviados pelo mesmo Mestre, com a mesma missão fundamental. Os doze apóstolos ministraram por toda a Galileia, mas esses homens foram à Judéia e não são chamados de apóstolos e sim discípulos. Veremos hoje algumas características desse chamado.

I - UM CHAMADO HONRADO - VS 1

Os homens não são chamados de “apóstolos”, mas ainda assim são “enviados com a missão” de representar Jesus. Portanto, são verdadeiramente embaixadores do Rei. Não apenas foram envia- dos por ele, mas também adiante dele, a fim de preparar o caminho para sua chegada. Sem dúvida, um chamado extremamente honrado. Ele também não chamou qualquer pessoa, mas chamou aqueles que são seus discípulos.

II - UM CHAMADO DIFÍCIL - VS 2

Mesmo quando há muita gente para ajudar, a ceifa é um trabalho árduo; esses homens, porém, foram enviados a um campo enorme, com poucos trabalhadores para ajudá-los a realizar a grande colheita.Em vez de orar pedindo um trabalho mais fácil, deveriam orar pedindo mais trabalhadores para ajudá-los, uma oração que também devemos fazer. O texto fala de trabalhadores, não de espectadores que oram pedindo mais trabalhadores! Há um número grande demais de cristãos pedindo que o Senhor envie outra pessoa para cuidar do trabalho que eles próprios não estão dispostos a fazer.

III - UM CHAMADO PERIGOSO - VS 3

Ao invadir o território inimigo (Lc 10:17), seriam como um “cordeiro [enviado] para o meio de lobos” (Lc 10:3). Mas, enquanto confiassem no Senhor, seriam vitoriosos nas batalhas (Veja Mateus 16:18/ 12:29). Um servo do Senhor disse: “Todo homem que leva Jesus Cristo a sério torna-se alvo do diabo. A maioria dos membros das igrejas não representa ameaça séria o suficiente para Satanás a ponto de suscitar sua oposição”.

IV - UM CHAMADO COM COMPROMISSO - VS 4 A 8

Para cumprir sua missão, esses homens precisariam de disciplina e de fé (Lc 10:4-8). O trabalho era urgente, e Jesus não desejava que carregassem pesos desnecessários.Deveriam crer que Deus proveria estadia e alimento para eles e não deveriam se sentir envergonhados de aceitar a hospitalidade que lhes fosse oferecida. Afinal, trabalhavam para o Senhor levando bênçãos aos lares. Além disso, “digno é o trabalhador do seu salário” (Lc 10:7).

V – UM CHAMADO TRANSFORMADOR - VS 9 A 11

Eram embaixadores da paz, curando os enfermos, libertando os possessos e levando as boas-novas da salvação aos pecadores.Como o exército de Josué em outros tempos, proclamavam paz às cidades. Se uma cidade rejeitasse a oferta de paz, escolhia, com isso, o julgamento (Dt 20:10-18). Esses poderes especiais concedidos por Jesus a seus apóstolos (Lc 9:1) e aos setenta não estão a nossa disposição hoje. A comissão de Jesus a nós enfatiza a proclamação da mensagem, não a operação de milagres (Mt 28:19 a 20).

Que tremendo privilégio tem os discípulos de Jesus ao atenderem esse grandioso chamado. Você é discípulo de Jesus? Então você também foi chamado.





Pedidos de oração:

1 – AÇÕES DE GRAÇA: Pela XXIX Conferência Missionária (Sábado– Encontro da AMI). Agradecer a Deus pelos Relatórios Missionários e presença do Pr. Hercules, Pr. Guaraci, Pr. Fernando e Pr. Renato, Pr. Robson. Pelo Restaurante Missionário ‘‘Lar no Sertão’’; Pela D. Emília – recuperando-se de virose; Pela as aulas que a Raquel vai dar na casa de cultura(Francês).

2 – ASSUNTOS DA IGREJA: 1) Que nossa igreja INTEIRA seja desafiada a fazer missões aos judeus e gentios 2) Pela nossa imersão em missões no mês de março. 3) Pelos desafios de entende a Teologia de Missões e conhecer as missões e missionários que vem em nossa Igreja; 4)Oremos pelos chamados para missões em nossa igreja e pelo desafio dos irmão a orar, contribuir e Confiar no SENHOR quanto aos alvosfinanceiros compartilhados - Nosso Alvo: 12.000,00 - Ofertas Especiais nos domingos, cantinas, etc.

3 – INTERCESSÕES: Pelo Pr. Geraldo Fonseca (Esclerose Lateral) e por sua família. Pelo Pai do Felipe com câncer; Pela cunhado da Marlúcia que recebeu alta das queimaduras. Pela viagem da Raquel para a França; Pela venda do apartamento da Ligy e Alexandre. Pelo Ismael e Rochele que estão vindo toda semana estudar no CBD. Pela Neide (recuperação da cirurgia); Pela Graça (parente da Neide) está com bactéria hospitalar e internada. Pelo resultado da biópsia da Marlúcia (receber em abril); Pela recuperação da Ana mãe da Elpídio (operada hoje).

4 – ASSUNTOS GERAIS: Pelo Igor e André, da Lena; e pelo Bruno do Ripardo. Pela salvação da Dona Leontina (mãe do Romildo); Pela irmã da Dona Catarina com câncer nos intestinos e muitas complicações;Pela Andreia (Filha da D. Cesarina): Pedra na vesícula; Pela Fátima, irmã da Neide: câncer; Pelo irmão da Dona Catarina: Pedro (teve um AVC); Pelo Geová (aguardando a perícia do INSS); Pela Karine Alves (prima da Simone) com câncer no útero; Pelo Elias, pai do Josiel, está com uma infecção na perna e tem diabetes; Pela Lucia Moura esta doente; Pelo chá de panela do Renan e Thays (09/04)

5 – FAMÍLIAS: Pela gravidez da Diana Karla, Natália, Florinda, Kelly e Josy. Oremos pela conversão dos maridos: Josué (D’Lourdes), Antônio(Roberta), Moacyr (Fátima), Zé Maria (Eliete), Pedro (Graça), Junior (Daniele), Elias (Eudalice) e Rosilton (Sandra). Por dona Marlene (mãe da Fátima Linhares); Pela Carmen (tratamento na perna); Pelos parentes da D. Ivone (Rita e José Horta) que agravaram o seu estado de saúde.

© IBFCV • Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Avenida K, nº 911 - Planalto da Barra - Vila Velha - Fortaleza - Ceará - Brasil - CEP 60348-530 - Telefone: +55 85 3286-3330