Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Bíblia Online

[ cristoevida.com ]

  • youtube
  • Instagram
  • twitter

Mensagem Pastoral

IGREJA BATISTA FUNDAMENTALISTA CRISTO É VIDA
www.cristoevida.com


Em Defesa da Fé


Andam circulando pelas igrejas uns panfletos que se dizem ser bíblicos e alegam que apresentam sólidos e verdadeiros argumentos da Palavra de Deus. Admira-me como o povo de Deus é tão facilmente enganado. Passam anos ouvindo bons ensinos, mas é só aparecer uma heresia que aceitam com tanta rapidez.
Um desses panfletos é assinado por um tal de Dennis Allan.
Paulo disse a Timóteo que ele permanecesse naquilo que tinha aprendido, pois ele sabia de quem havia aprendido: “Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado , sabendo de quem o tens aprendido” (2 Timóteo 3:14). Portanto, é muito importante saber quem ensina a Bíblia, saber se há credibilidade e autoridade. Os cristãos hebreus foram exortados a observarem a vida dos mestres (Hebreus 13:7).

Pois bem, fui pesquisar quem é Dennis Allan e o que ele ensina:


Sua Origem

Ele faz parte de um grupo religioso dos Estados Unidos que tem um site no Brasil para divulgar seus ensinos. Tais grupos são facções da Igreja de Cristo, que foi fundada por Alexander Campbell (1788-1866). Ele, alegando a desunião das denominações evangélicas, criou um movimento para restaurar os ensinos originais e pôr um fim nessa divisão entre os cristãos (contudo, ele criou mais uma denominação!).
Como foi muito comum nos EUA a criação de seitas cristãs-evangélicas no Século XIX (como os mórmons, as Testemunhas de Jeová, os adventistas, etc.), eles tinham que inventar doutrinas diferentes da ortodoxia protestante a fim de justificar sua criação e propagar seu exclusivismo (que somente eles estavam certos). Com suas heresias disfarçadas em ensinos bíblicos, eles partem para o proselitismo (confundir e atrair membros de igrejas evangélicas que sejam sinceros,  mas ingênuos e despreparados biblicamente).
Veremos a seguir algumas graves heresias ensinadas pelo grupo de Allan Dennis.

Seus Ensinos

1 - Negam o Pecado Original
Eles ensinam: “O pecado é cometido, não é hereditário.”
(O que a Bíblia diz?).”Se o pecado é hereditário, Jesus deveria ter nascido um pecador” (idem). “Jesus nasceu sem pecado porque todos os homens nascem sem pecado.” (idem)

Mas, o que a Bíblia Sagrada ensina?
Essa heresia é também conhecida como pelagianismo, que ensina que a alma humana é criada sem corrupção, que o pecado de Adão não afetava diretamente seus descendentes, que não existe o pecado original, e o perdão poderia ser obtido por meio do batismo. Suas doutrinas antibíblicas foram condenadas no IV século. Pois, conforme a Palavra de Deus, todo homem herda a natureza pecaminosa de Adão, sendo assim por natureza filho da ira (Gn 6:5; Sl 51:5, 58:3; Jr 17:9; Mt 15:18-20; Rm 1:21-25, 3:9-23, 5:12-19; Ef 2:1-3; João 3:36). Tanto é assim, que o próprio Jesus para não receber essa mesma natureza caída, teve de nascer do Espírito Santo no ventre de uma mulher virgem.


2 - Ensinam a Salvação pelo Batismo e Pelas Obras
Eles pregam: “Para sermos salvos, precisamos arrepender-nos e sermos batizados na água para remissão de pecados, assim entrando em comunhão com o Espírito Santo.” (O que a Bíblia diz? -Dennis Allan). “...e permitiremos que ele nos lave desses pecados no batismo.”(O Problema do Pecado -Dennis Allan). “Mas as obras de uma fé obediente são imprescindíveis para a salvação.” (O Batismo e a salvação - página 6 - Gary Fisher). A salvação é condicionada. Para ser salvo, em primeiro lugar, precisa-se crer e obedecer. Para permanecer-se num estado de salvação, precisa-se continuar a crer e a obedecer.”

Mas, o que a Bíblia Sagrada ensina?
Essa é uma heresia de origem pagã que foi adotada pelo Catolicismo Romano e posteriormente por inúmeras seitas. Admitir que um elemento físico (água) tenha propriedades espirituais é um tremendo absurdo. A Bíblia de Gênesis a Apocalipse declara que a salvação é unicamente pela fé. Enquanto os santos do Antigo Testamento criam no sacrifício que viria, os do Novo criam no sacrifício já efetuado. Em Romanos, Paulo declarou que a salvação do começo ao fim é pela fé - “visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé.” (Romanos 1:17).
O batismo é boa obra, e não somos salvos através das boas obras (Efésios 2:8-9).
Paulo escreveu Romanos para mostrar que a salvação é unicamente pela fé em Jesus sem “ajuda” de obras (Romanos 1:17, 3:21-26, 4:5, 5:1). E,em Gálatas, deixou claro que a salvação não é mantida pelas obras (Gálatas 3:1-5, 11-14). Pregar que a salvação se dá pela obediência é pregar um outro evangelho, que é taxado de maldito por Paulo (Gálatas 1:7-9). Doutrinas como essa apregoada pelos adeptos da Igreja de Cristo no Missouri, revela que, na verdade, esse grupo é uma seita.


3 - Negam o período da Grande Tribulação, do Arrebatamento e do Anticristo
Eles negam doutrinas básicas sobre a Escatologia, quando ensinam: “A idéia desse período de 7 anos de tribulação, quando o Senhor voltar, não é sequer mencionado na Bíblia.” (A Volta do Senhor - Gary Fisher, página 6). “A idéia de uma volta secreta do Senhor para, em silêncio, carregar uns poucos, é desconhecida nas Escrituras.” (Idem, página 2). “A idéia moderna do anticristo é a de um futuro líder político, que se levantará dentre os incrédulos para se empenhar num conflito militar contra Cristo...É notável que uma idéia, tão completamente oposta ao que as Escrituras ensinam, possa ter sido tão largamente aceita.”

Mas, o que a Bíblia Sagrada ensina?
A Bíblia fala sobre dois eventos distintos: a remoção dos crentes antes da Grande Tribulação e a Segunda Vinda de Cristo em grande glória. O arrebatamento acontecerá quando menos esperado; a Segunda vinda acontece apenas depois de todos os sinais terem sido dados e todos souberem que Cristo está prestes a voltar em glória e poder. O arrebatamento ocorre em meio a paz (1 Tessalonicenses 5:3); a segunda vinda em meio a guerra (Apocalipse 19:11-21).  A Grande Tribulação é um ensino bíblico, de acordo com Daniel 12:1; Mateus 24:21; Daniel 9:24, 26-27, tendo uma duração de sete anos com base nas referências de Daniel 9:27, 7:25 e Apocalipse12:6. Então essa duração abrange a meia semana, três anos e meio, pois de acordo com Daniel 9:27, o anticristo, o príncipe no qual Israel então terá feito uma aliança, interromperá no meio da semana o serviço do sacrifício.


4 - Rejeitam a Doutrina do Dízimo
Dizem eles: “Não há uma única passagem no Novo Testamento que autorize as igrejas a exigir o dízimo.”

Mas, o que a Bíblia Sagrada ensina?
De acordo com Hebreus 7:1-17, o sacerdócio de Cristo é comparado ao de Melquisedeque. Assim como Melquisedeque recebeu o dízimo do crente Abraão, assim Cristo toma de seus filhos (Gênesis 14:20; Hebreus 7:8). Ainda que o sacerdócio de Levi tenha passado, o de Cristo-Melquisedeque é perpétuo. Portanto o dízimo como parte desse sacerdócio mantém continuidade. Jesus deixou claro em Mateus 23:23 e Lucas 11:42 que o dízimo era tão importante quanto a misericórdia, a fé e a justiça.


5 - São contra o uso de instrumentos musicais na adoração
Eles dizem: “...o Novo Testamento só autoriza a música vocal”. “A questão básica é esta: o Novo Testamento não contém a autorização do uso de instrumentos musicais na adoração a Deus”.

Mas, o que a Bíblia Sagrada ensina?
Essa estranha forma de interpretar a Bíblia para rejeitar o uso de instrumentos musicais, ironicamente não foi tirada da própria Bíblia, mas de uma filosofia de Alexander Campbell, que dizia: “Onde a Bíblia fala, devemos falar, onde ela se silencia, devemos nos calar.” Contudo, o Novo Testamento, contrariando esse tipo de pensamento, declarou que: “Portanto quer comais, quer bebais, ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus.” ( I Coríntios 10:31). “Um crê que de tudo pode comer, mas o débil come legumes. Um faz diferença entre dia e dia; outro julga iguais todos os dias. Cada um tenha opinião bem definida em sua mente.” ( Romanos 14:2,5)
Paulo tinha humildade suficiente para deixar questões de ordens secundárias em aberto, cabendo cada um decidir por si, levando em conta a glória de Deus, enquanto os pretensos “pseudo-seguidores da Bíblia” são intolerantes.


Conclusão

Portanto, fica claro que esse grupo é herético na origem, nas doutrinas e nas práticas proselitistas. Como os adventistas, mantém um site de estudos bíblicos que é feito com muita beleza, muito bem confeccionado, e misturam verdades bíblicas com os erros da seita. Oferecem de graça seu material e incentivam a distribuição nas igrejas. Tudo para enganar os incautos, atrair membros de igrejas evangélicas, a fim de confundir e conquistá-los para eles.

Todavia, o crente que estuda realmente a Palavra é um bereiano por natureza. Conhecendo a Bíblia, sabe rejeitar o falso ensino, repreender os erros e ensinar a verdade.


Pr. José Nogueira


2011-01-23 00:0

TV Cristo é Vida - Ao Vivo aos Domingo
Israel 2018

© IBFCV • Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Avenida K, nº 911 - Planalto da Barra - Vila Velha - Fortaleza - Ceará - Brasil - CEP 60348-530 - Telefone: +55 85 3286-3330