Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Bíblia Online

[ cristoevida.com ]

  • youtube
  • Instagram
  • twitter

Mensagem Pastoral

IGREJA BATISTA FUNDAMENTALISTA CRISTO É VIDA
www.cristoevida.com


Quanto Tempo nos Resta?


Quanto Tempo nos Resta?


Ensina-nos a contar os nossos dias,

de tal maneira que alcancemos corações sábios.

Salmo 90:12

Quase tudo na vida pode ser medido (pois há o que não pode ser medido, como o amor, a alegria, a tristeza, a importância de ser, e Deus, que é imensurável), mas o tempo é medido. Ele começou no primeiro dia “E foi tarde e manhã , o dia primeiro” (Gênesis 1:5). O primeiro dia também foi medido: teve começo e fim. Assim também o tempo que ele começou, pois como teve um início também terá um fim. O tempo abriu uma lacuna na eternidade, que só será fechada na consumação de todas as coisas, quando novamente haverá somente eternidade:

 

E verão o seu rosto, e nas suas testas estará o seu nome.

E ali não haverá mais noite, e não necessitarão de lâmpada nem de luz do sol, porque o Senhor Deus os ilumina; e reinarão para todo o sempre.

Apocalipse 22:4 e 5

 

Nós achamos que o tempo é longo, mas não é. A própria Bíblia diz que voamos pela vida, através do tempo:

Os dias da nossa vida chegam a setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o orgulho deles é canseira e enfado, pois cedo se corta e vamos voando.

Salmo 90:10

 


O tempo não tem valor por sua duração, mas pela intensidade com a qual vivemos. Poucos minutos podem ser mais interessantes que anos. Porque tudo terá um fim, qualquer tempo em dado momento já será passado, por isso o que importa é o que se faz, como se faz, e, principalmente, para que se faz – quais foram as reais motivações, quais os verdadeiros e íntimos motivos – ou seja,  se é ou não por amor.

 

O texto de Filipenses 2:13 revela que Deus é o autor do nosso querer e do nosso fazer (“Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade”), porém Ele nos deixa com a liberdade do por quê. Eu quero fazer – isto vem de Deus. Eu faço – isto também vem de Deus. Agora por que faço? Qual minha motivação de usar assim meu tempo, meus talentos, meus dons, minha capacidade, meus recursos, minha vida, se esse porque tem como resposta o amor a Deus, então o tempo, perante os valores da Eternidade, não foi perdido! Todo o restante é apenas passar o tempo.

 

 

Há 365 dias, parece que foi ontem, nos reunimos para ver a passagem de ano. 2011 nascia, jovem e forte, cheio de perspectivas e sonhos. Ele viveu, envelheceu e depois findou. Assim também foram milhões de pessoas que viveram antes de nós – todas seguiram a mesma sina. Hoje são história. A hora de cada um se apressou em chegar.

Será que consciente disso, não é hora de pensar no chamado do Salmo 90, e começar a contar os nossos dias, diante do vislumbre da Eternidade? Estamos mais próximos do Arrebatamento e da presença de Cristo e do Tribunal de Cristo, como nunca estivemos antes! Estamos também mais próximos da morte, como nunca estivemos antes. Nosso tempo é limitado, e se extingue a cada dia.

           

Que estou plantando aqui para colher lá na Eternidade? Se plantar somente para aqui, talvez colha ou não aqui. Mas se semear para a Eternidade, para Deus, por amor, colherei com toda certeza para sempre. E isto é o que importa. Ouça isto, minha alma, diante das escolhas , das minhas decisões, das minhas opções diante do tempo que me resta!


 

James Meikle, um pastor inglês, escreveu no dia 31 de dezembro de 1758, duzentos antes de meu nascimento, que “milhares que vieram ao mundo depois de mim foram chamados à eternidade antes de mim; não é isso uma voz clamando para que eu viva melhor cada momento de minha vida? Aqueles que pouco refletem sobre o tempo são os mesmos que pensam ainda menos na eternidade.”

           

Quero gravar sua sabedoria: “aqueles que pouco pensam sobre o tempo são os mesmos que pensam ainda menos na eternidade”. São assim os descrentes, por isso não atendem ao chamado de Cristo para irem ao Céu eterno, pois não pensam na brevidade desta vida, no seu fim, e esquecem ou não sabem do Inferno eterno para os que desprezam o convite de Jesus. Não são assim também os “crentes” relaxados – que não pensam no fim, não encaram que de repente podemos entrar na Eternidade realidade? A grande e séria pergunta em que deveríamos esquentar nossas cabeças é: E o que estamos fazendo com o tempo que o SENHOR Deus nos deu, e que como mordomos vamos ter que prestar contas, e que Ele como fiel SENHOR haverá de nos cobrar – como retrata a parábola dos talentos, em Mateus 25:13-30.

Então, meu professor do Século XVIII me exorta a olhar para o mundo vindouro, então verei a grande importância de cada momento do meu tempo, porque, crendo e vivendo assim, vou me preparar para o imutável estado eterno.

 


O ano de 2011 findou, nada mais posso mais fazer por ele, ou nele, a não ser pensar e pregar sobre ele esta última mensagem, sabendo que não poderei voltar ao tempo e consertar, ou mudar, ou fazer de novo. Mas posso aprender com essa avaliação.


Não serei mais enganado pensando que tenho muito tempo. Não pensar no tempo que me resta, nem pensar na Eternidade que se aproxima, me fazem viver como incrédulo ou relaxado. Sei que muitos viverão seus últimos dias em 2012, inclusive há essa possibilidade quanto a mim. Isso é ser realista, é ser sábio, é ser santo, é ser de Deus. O mundo vai tentar me enganar com seus sofismas e narcóticos inebriantes e alienantes , e sei que eu também vou querer ser enganado.


Mas, começo 2012 prevenido e decidido. Vou ouvir o meu irmão profeta Amós:

Portanto, assim te farei, ó Israel! E porque isso te farei, prepara-te, ó Israel, para te encontrares com o teu Deus.” (4:12).

           



Vou organizar minhas gavetas, rever meus planos, ajustar meus projetos, refazer meu orçamento, restabelecer minha agenda, pois já o amanhã desponta com a resolução de um novo preparar-me, conforme Êxodo 34:2:

“E prepara-te para amanhã, para que subas pela manhã ao monte Sinai, e ali põe-te diante de Mim no cume do monte”.


Assim e ali começarei meu dia, e esperarei as Suas instruções para o meu último dia. Assim viverei a cada dia, e esperarei me encontrar com Ele face a face.


Agradecerei ao SENHOR meu Deus por cada dia concedido a mim, não por prorrogação do prazo, mas por saber e crer que o melhor está por vir e que cada hora passada me aproximou mais do meu prazo de realizar e de concluir a obra que o SENHOR Jesus, meu Salvador, me confiou. É assim que a Palavra de Deus estabeleceu, e viver fora disso, ou estranho a isso, é irrealidade, fantasia, engano e ilusão.


Nada mais posso fazer por meus amigos e pessoas com as quais o SENHOR colocar em meu caminho, somente perguntar: Você está preparado para se encontrar face a face com o Juízo de Deus? E, então, lhe repartir o Pão da Vida: “E Jesus lhes disse: Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim nunca terá sede” (João 6:35).


Pouco posso fazer por meus familiares e irmãos, a não ser pregar para eles essa verdade, e orar para que creiam, vivam, despertem-se e aproveitem seu tempo também.


Agora, aproximam-se os últimos minutos, é tempo de orar!


Pr. José Nogueira


2011-12-29 00:0

TV Cristo é Vida - Ao Vivo aos Domingo
Israel 2018

© IBFCV • Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Avenida K, nº 911 - Planalto da Barra - Vila Velha - Fortaleza - Ceará - Brasil - CEP 60348-530 - Telefone: +55 85 3286-3330