Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Bíblia Online

[ cristoevida.com ]

  • youtube
  • Instagram
  • twitter

Mensagem Pastoral

IGREJA BATISTA FUNDAMENTALISTA CRISTO É VIDA
www.cristoevida.com


Propósitos de Deus para o casamento


Como diz o Salmo 128:
1 Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos!
2 Do trabalho de tuas mãos comerás, feliz serás, e tudo te irá bem.
3 Tua esposa, no interior de tua casa, será como a videira frutífera; teus filhos como rebentos da oliveira, à roda da tua mesa.
4 Eis como será abençoado o homem que teme ao SENHOR!
5 O SENHOR te abençoe desde Sião, para que vejas a prosperidade de Jerusalém durante os dias de tua vida,
6 vejas os filhos de teus filhos. Paz sobre Israel!

Mensagem em celebrabração dos 30 anos de casamento do casal Pr. Jerald e Lynda Neuman

Há coisas que são certas!
Hitler, além de louco, era supersticioso, e no auge de suas atrocidades durante a Segunda Grande Guerra, procurou uma vidente para saber em que dia ele iria morrer. Os videntes são charlatões, mas geralmente são pessoas muito perspicazes quanto à vida. A vidente consultada disse que ele morreria num feriado judeu. Hitler, assustado, então perguntou como ela poderia ter tanta certeza disto. Ela respondeu: “Porque no dia em que o senhor morrer, certamente se tornará um feriado judeu!”.
Quanto à nossa vida e ao seu desenrolar, além da certeza da vida eterna para os que crêem em Cristo como seu único e todo-suficiente Senhor e Salvador, podemos dizer que há, pelo menos, mais uma certeza absoluta. Esta se encontra no Salmo 128, versos 1 e 4: “Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos! Eis como será abençoado o homem que teme ao SENHOR!”.
O temor do SENHOR é fonte de bênçãos para a nossa vida – e aqui, no Salmo 128, uma bênção prometida é de o SENHOR nos dar uma família feliz e um lar cheio de paz!
Bem-aventurado em Hebraico é ASHERÊ que quer dizer muito mais que feliz – uma boa tradução seria “bem-sucedido”, ou melhor “plenamente realizado”. Isto se torna muito esclarecedor e importante, pois segundo a Bíblia Sagrada nenhum homem pode ser considerado “bem-sucedido” ou “plenamente realizado” se não tiver um lar abençoado pelo SENHOR. E esta bênção Ele dá àqueles que o temem!

Ao agradecermos a Deus, neste culto, pelos trinta anos da união de Dona Lynda e do Pr. Jerald, podemos ver estas quatro bênçãos do SENHOR para este casal que decidiu e perseverou em ter como fundamento do seu lar o Temor do SENHOR. As quatro realizações estão presentes como fruto de uma família que traçou como seus propósitos, acima de tudo, o propósito de Deus:

A primeira bem-aventurança encontra-se no versículo um - que é o próprio Deus: “Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos”.
Realizado é aquele que dar a primazia ao SENHOR. Que faz do Senhor Jesus Cristo a primeira razão de sua vida. Pois, afinal, Ele é o Alfa e o Omega – o princípio, o meio e o fim! No salmo anterior (127), Salomão já havia reconhecido isso “Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam”. O ASHERÊ (o bem-aventurado) reconhece e vive esta verdade!

Perguntaram a um fazendeiro muito próspero e feliz o segredo de sua vida, pois tinha uma bela família, tinha uma boa esposa, filhos obedientes, seus empregados estavam satisfeitos e reinava grande paz em toda a sua propriedade. Ele disse que ia lhes mostrar o “segredo”, pois o guardava com muito cuidado. Ele entrou e voltou com uma caixa. Disse que dentro daquele estojo havia a chave do sucesso de sua vida. Abrindo-o, tirou a Bíblia Sagrada – O Livro de Deus! Temer ao SENHOR e seguir Seus princípios eram a base de sua vida. Deus sempre em primeiro lugar!

No versículo 2, encontramos a segunda alegria: a bênção do SENHOR sobre o trabalho: “Do trabalho de tuas mãos comerás, feliz serás, e tudo te irá bem”.
Novamente há uma alusão ao Salmo 127. O trabalho é uma bênção do Senhor, pois sem ela todo nosso esforço será em vão: “Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde, comer o pão que penosamente granjeastes; aos seus amados ele o dá enquanto dormem” (verso 2).
Apesar da Queda ter tornado o trabalho mais difícil, o trabalho não foi uma maldição. Antes de Adão pecar, Deus já lhe havia dado um trabalho: guardar e cultivar o Jardim do Éden (Gênesis 2:15). O Salmo 104:23 descreve como uma das multi-bênçãos do SENHOR o nosso trabalhar duro: “Sai o homem para o seu trabalho, e para o seu encargo até à tarde”. Posso imaginar o quadro do marido voltar à tardinha, depois de um longo e pesado dia, para seu lar. E ali o espera a sua amada esposa e seus queridos filhos, para juntos agradecerem a Deus por ter lhes suprido trabalho, saúde e força para o sustento de mais um dia!

A terceira bênção está na alegria do próprio lar, conforme podemos ver a descrição dos versículos 3 e 4: “Tua esposa, no interior de tua casa, será como a videira frutífera; teus filhos como rebentos da oliveira, à roda da tua mesa. Eis como será abençoado o homem que teme ao SENHOR!”.
Uma mulher leal e auxiliadora e filhos fortes, junto à família e unidos (“à roda da tua mesa”) são presentes de Deus aos que O temem!

Ter uma esposa que seja boa para o marido e má para os filhos é uma bênção, não é?
O Dr. Carlos Hecketeuer escreveu: E quando meus netos forem crescidos e perguntarem aos nossos filhos se a mãe deles era má, meus filhos vão dizer: - Sim, nossa mãe era má. Era a mãe mais má do mundo...
- As outras crianças comiam doces no café, e nós tínhamos que tomar leite, ovos, torradas...
- As outras crianças bebiam refrigerante à vontade, comiam batata frita e até almoçavam sorvete. Nós tínhamos que comer arroz, feijão, carne, legumes e frutas. Ela nos obrigava comer à mesa, e agradecer a Deus o pão-nosso de cada dia, bem diferente das outras mães que deixavam seus filhos comerem onde quisessem e até assistindo TV.
- Quando fomos crescendo, ela insistia em saber onde estávamos (tocava nosso celular) e até fuçava nossos e-mails. Era quase uma prisão!
- Mamãe queria saber quem eram nossos amigos. Marcava nossos horários de voltar para casa!
- Nós tínhamos vergonha de admitir, mas ela “violava as leis do trabalho infantil”. Nos dava responsabilidades cruéis de arrumar nossos quartos, esvaziar o lixo, nos obrigava a estudar. Eu acho que ela nem dormia à noite, só pensando no que nos mandaria fazer no dia seguinte.
É, foi por causa de nossa mãe, que nós perdemos grandes experiências em nossa adolescência: nunca nos envolvemos com bebedeiras, nem drogas, nem roubos, nem atos de violação de propriedade, nem nunca fomos surrados em vandalismo ou presos!
Foi tudo por causa dela! E agora que somos adultos, tementes a Deus, honestos e responsáveis por nossos lares, estamos fazendo o possível para sermos pais maus, como foi a nossa mãe!

A quarta bênção do SENHOR está nos dois últimos versículos: “O SENHOR te abençoe desde Sião, para que vejas a prosperidade de Jerusalém durante os dias de tua vida, vejas os filhos de teus filhos. Paz sobre Israel!”.
Embora haja tanta coisa aqui envolvida, podemos resumir que o ASHERÊ (o bem-aventurado por temer ao SENHOR), será acumulado da alegria de ver o resultado de sua fé. Verá sua nação sendo abençoada, verá seus netos (olhem o pequeno Nathan) e contemplará a paz do SENHOR em seu lar e descendência!
Por tudo isso, louvamos a Deus por ter lhes dado essas bênçãos, Lynda e Jerald. E porque essas bênçãos têm sido também derramadas sobre nossas vidas através de suas vidas e seu exemplo.
Ao Senhor Jesus Cristo, autor e consumador de tudo que é bom para nós, nosso reconhecimento e gratidão! Amém!


Pr. José Nogueira


2004-05-29 00:0

TV Cristo é Vida - Ao Vivo aos Domingo
Israel 2018

© IBFCV • Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Avenida K, nº 911 - Planalto da Barra - Vila Velha - Fortaleza - Ceará - Brasil - CEP 60348-530 - Telefone: +55 85 3286-3330