Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Bíblia Online

[ cristoevida.com ]

  • youtube
  • Instagram
  • twitter

Mensagem Pastoral

IGREJA BATISTA FUNDAMENTALISTA CRISTO É VIDA
www.cristoevida.com


Igreja - Povo Transformado por Deus


História de John Newton, autor de um
dos mais famosos hinos da história

Slaveship off the coast of Africa
Um navio negreiro ancorado na costa Africana. (Bibliothèque nationale, Paris) from Bronz, et. al, The Challenge of America (Holt, Rinehart and Winston, 1968), p. 155)
Eu costumava pensar que o hino favorito da América, "Amazing Grace", estava um pouco ultrapassado, mas acabei descobrindo a impressionante história do autor, que relato abaixo:

Em torno de 1750, John Newton era o comandante de um navio negreiro inglês. Os navios fariam o primeiro
percurso de sua viagem da Inglaterra, quase vazios, até que chegassem na costa africana. Lá os chefes tribais entregariam aos europeus as "cargas" compostas de homens e mulheres, capturados nas invasões e nas guerras entre as tribos. Os compradores selecionariam os espécimes mais finos, e os comprariam em troca de armas, munição, licor, e tecidos. Os cativos seriam trazidos, então, à bordo e preparados para o "transporte". Eram acorrentados abaixo das plataformas para impedir suicídios. Eram colocados de lado a lado, para conservar o espaço, em fileira após a fileira, uma após outra, até que a embarcação estivesse "carregada", normalmente com até 600 "unidades" de carga humana.

Slavedeck
Os escravos eram "carregados" nos navios para a viagem através do Atlântico. (The Granger Collection) in Peter Wood, The Seafarers: The Spanish Main (Time-Life Books, 1979), p. 63)
Os capitães procuravam fazer uma viagem rápida, esperando preservar ao máximo a sua carga; contudo, a taxa de mortalidade era alta, normalmente 20% ou mais. Quando um surto de disenteria ou qualquer outra doença ocorria, os doentes eram jogados ao mar. Uma vez que chegavam ao Novo Mundo, os negros eram negociados por açúcar e o melaço, para manufaturar o rum, que os navios carregariam à Inglaterra para o pé final de seu "comércio triangular."

John Newton transportou muitas cargas de escravos africanos trazidos à América no século 18. No mar, em uma de suas viagens, o navio enfrentou uma enorme tempestade e afundou. Newton ofereceu sua vida à Cristo, achando que iria morrer. Após ter sobrevivido, ele se converteu e começou a estudar para ser pastor. Nos últimos 43 anos de sua vida ele pregou o evangelho em Olney e em Londres. Em 82, Newton disse: "Minha memória já quase se foi, mas eu recordo duas coisas: que eu sou um grande pecador, e que Cristo é meu grande salvador!"

No túmulo de Newton, lê-se: "John Newton, uma vez um infiel e um libertino, um mercador de escravos na África, foi, pela misericórdia de nosso senhor e salvador Jesus Cristo, perdoado e inspirado a pregar a mesma fé que ele tinha se esforçado muito por destruir."

O seu mais famoso testemunho continua vivo, no mais famoso das centenas de hinos que escreveu: Amazing Grace!
Amazing grace, how sweet the sound
That saved a wretch like me,
I once was lost, but now am found,
Was blind, but now I see.

'Twas grace that taught my heart to fear,
And grace my fears relieved.
How precious did that grace appear
The hour I first believed.

Through many dangers, toils and snares,
I have already come.
'Tis grace hath brought me safe thus far,
And grace will lead me home."

Ó Graça surpreendente...
Como é doce o som que salvou um desaventurado como eu.
Eu estava perdido, mas
agora me achei.
Fui cego, mas agora vejo.

Sua Graça ensinou meu coração temer.
E aliviou os meus medos.
Quão preciosa foi a revelação
no primeiro momento em que eu acreditei.

Através de muitos perigos, labutas e armadilhas eu já passei,
esta Graça trouxe-me
até aqui.
E a Graça conduzir-me-á
ao meu lar.


Joyful Heart Ministries, Dr. Ralph F. Wilson

I AM...

Eu sou...

By John Newton


I am not what I might be,

Eu não sou o que eu poderia ser,

I am not what I ought to be,

Eu não sou o que eu deveria ser,

I am not what I wish to be,

Eu não sou o que eu gostaria de ser,

I am not what I hope to be,

Eu não sou o que eu pretendo ser,

But I thank God

Mas agradeço à Deus

I am not what I once was,

Que não sou o que uma vez já fui.

And I can say with the great apostle,

E posso dizer

By the grace of God

Com a graça de Deus,

I am what I am

Eu sou o que eu sou!"


Extraído do site Bacaninha, da biografia feita por Joyful Heart Ministries, Dr. Ralph F. Wilson

Pr. José Nogueira (Adaptado)


2004-07-05 00:0

TV Cristo é Vida - Ao Vivo aos Domingo
Israel 2018

© IBFCV • Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Avenida K, nº 911 - Planalto da Barra - Vila Velha - Fortaleza - Ceará - Brasil - CEP 60348-530 - Telefone: +55 85 3286-3330