Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Bíblia Online

[ cristoevida.com ]

  • youtube
  • Instagram
  • twitter

Mensagem Pastoral

IGREJA BATISTA FUNDAMENTALISTA CRISTO É VIDA
www.cristoevida.com


Evangelho de Marcos - Introdução


Marcos, o Objetivo

1 Princípio do evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus.

2 Conforme está escrito no profeta Isaías: Eis que envio ante a tua face o meu mensageiro, que há de preparar o teu caminho;

3 voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas;

4 assim apareceu João, o Batista, no deserto, pregando o batismo de arrependimento para remissão dos pecados.

5 E saíam a ter com ele toda a terra da Judéia, e todos os moradores de Jerusalém; e eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados.

6 Ora, João usava uma veste de pêlos de camelo, e um cinto de couro em torno de seus lombos, e comia gafanhotos e mel silvestre.

7 E pregava, dizendo: Após mim vem aquele que é mais poderoso do que eu, de quem não sou digno de, inclinando-me, desatar a correia das alparcas.

8 Eu vos batizei em água; ele, porém, vos batizará no Espírito Santo.

Marcos 1:1-8

No Evangelho de Marcos pode ser vista uma grande influência da presença do apóstolo Pedro na maior parte dos eventos que descreve a trajetória de Jesus Cristo entre o povo de Israel. A tradição histórica diz que foi Pedro que ditou as narrativas da vida de Jesus para Marcos. Como não foi escrito para os judeus, como o de Mateus o foi, vamos ver que Marcos não se preocupa em contar a genealogia de Cristo. Mateus fez isso muito bem, mais ou menos uns 10 anos depois, quando escreveu o evangelho que seria colocado como o primeiro no cânon do NT. Mateus cita as 14 gerações de Abraão a Davi, de Davi à deportação para a Babilônia e desta até o nascimento de Jesus em Belém da Judéia. Esses dados seriam muito importantes para os judeus.
Marcos, no entanto, começa logo de João Batista, a quem Pedro deve ter conhecido, pois seu irmão André foi primeiro discípulo dessa "voz que clamava no deserto", antes de ter conhecido, juntamente com João, filho de Zebedeu, o Messias prometido, Jesus Cristo.

Tendo Marcos escrito aquilo que Pedro lhe narrava, sua objetividade em seu início descritivo, partindo logo para a pregação da mensagem salvadora, sem deter-se em genealogias ou referências à infância de Cristo, é compreensível, pois não tendo a intenção de alcançar o povo judeu, mas sim os gentios "gregos", pouco importavam aquelas citações em que Mateus se detém.

Como nos lembramos, André foi quem, depois de ter estado com João Batista, teria sido por este apresentado a Cristo, aquele que apontou como "o Cordeiro que tira o pecado do mundo". Pouco depois, André levou o seu irmão Simão (Pedro) à presença do Senhor Jesus, razão por que o início do evangelho é de uma notória objetividade, sintetizando a missão de Cristo, com as palavras de Isaías e do próprio João:

"Apareceu João batizando no deserto,e pregando o batismo de arrependimento,
para remissão dos pecados."

Marcos 1:4

É que a gente, muitas vezes, perde, em nossos esforços de evangelização, tempo em explicações e detalhamentos da mensagem, em vez de irmos objetivamente ao cerne da pregação que é "arrependei-vos e crede no evangelho".

Esta é a primeira e grande lição de Marcos: Vamos ser mais objetivos ao pregar a Palavra de Deus. Sejamos mais diretos ao apresentarmos o Senhor Jesus aos que nos cercam! A mensagem é simples: arrependa-se dos seus pecados e creia somente em Jesus, o Filho de Deus, como o único que pode perdoar pecados e salvar o perdido! Amém!


Pr. José Nogueira


2006-12-09 00:0

TV Cristo é Vida - Ao Vivo aos Domingo
Israel 2018

© IBFCV • Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Avenida K, nº 911 - Planalto da Barra - Vila Velha - Fortaleza - Ceará - Brasil - CEP 60348-530 - Telefone: +55 85 3286-3330