Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Bíblia Online

[ cristoevida.com ]

  • youtube
  • Instagram
  • twitter

Mensagem Pastoral

IGREJA BATISTA FUNDAMENTALISTA CRISTO É VIDA
www.cristoevida.com


Marcos e o Início de Missões


Começa o Trabalho Missionário

35 De madrugada, ainda bem escuro, levantou-Se, saiu e foi a um lugar deserto, e ali orava.

36 Foram, pois, Simão e seus companheiros procurá-lO;

37 quando O encontraram, disseram-Lhe: Todos Te buscam.

38 Respondeu-lhes Jesus: Vamos a outras partes, às povoações vizinhas, para que Eu pregue ali também; pois para isso é que vim.

39 Foi, então, por toda a Galiléia, pregando nas sinagogas deles e expulsando os demônios.

Marcos 1:35-39

Marcos é mesmo muito objetivo ao narrar o ministério de Jesus. Nem chegamos ao fim do primeiro capítulo, e o Senhor Jesus já revelou aos Seus discípulos a dimensão missionária de Sua mensagem.

Jesus priorizou oração. Antes de toda decisão importante, vamos encontrar o Senhor tirando um tempo para ficar a sós com o Pai e orar. Oração ensinada na Bíblia Sagrada é exemplificada na vida de Jesus. Se Ele precisava orar, imagine eu.

Depois do período de comunhão com Pai em oração, Jesus estava preparado para ensinar aos Seus seguidores uma importante ênfase do Seu ministério. Pois havia em Israel uma visão muito exclusivista da revelação divina. Assim, os judeus achavam que todas as promessas e profecias do reino do Messias seriam para serem compartilhadas apenas entre eles, os filhos de Abraão. Esqueciam o âmbito universal que as profecias do Antigo Testamento anunciavam acerca do Messias.

A obra do Senhor Jesus Cristo tem que começar a mudar principalmente a cabeça dos Seus próprios discípulos. Eles seriam os primeiros a terem conhecimento de que o Seu evangelho era para todos os homens não importando sua raça, cor, origem ou idioma. Daí, a sua palavra tão indicadora disto:

"E Ele lhes disse: Vamos às aldeias vizinhas para que Eu ali também pregue;
porque para isso vim."

Marcos 1:38

Eles estavam muito bem ali em Cafarnaum. A "igrejinha" estava sendo montada na casa de Pedro, com o "cafezinho" servido por sua sogra, com as visitas dos amigos e outros novos visitantes ao final da tarde. Até agora, pelo menos, no início deste Seu ministério, ainda não haviam chegado os "olheiros" de Jerusalém. E, por enquanto, contavam com a boa vontade dos líderes da sinagoga, onde despontava um homem importante, chamado Jairo, que vai fazer parte de nossa história.

Mas não foi apenas para isto que Cristo veio. Sem dúvida, Ele Se alegra com a existência de nossas pequenas igrejas, onde a vida em harmonia e comunhão de seus integrantes se exercita em toda sua extensão com a pregação do Evangelho. Ele não quer apenas "mega-igrejas" como parece ser a "febre" de hoje. No entanto, este bem-estar que pode tanto estar presente na pequena igreja como na grande igreja, não pode ficar contido nisto apenas. Pequena ou grande, a igreja deve ter os seus olhos voltados para a pregação, para os campos além, para as "aldeias vizinhas... pois para isto Ele veio". Isto é Missões.

Neste fim de semana realizamos um Retiro de Casais, no Iguape. Um tempo muito abençoado, louvando a Deus, estudando a Bíblia Sagrada, compartilhando da companhia e amizade dos irmãos, desfrutando de uma bela praia, sendo abençoado com a hospitalidade e bons serviços do Hotel Don’Ana, na Praia do Presídio.

Na última noite, no jantar de encerramento, um casal sentou-se conosco à mesa. Eles não eram crentes e participavam como convidados. O marido disse que gostaria de conhecer melhor a Bíblia e perguntou-me por onde deveria começar. Contou que quando fazia a o curso de Letras, perguntou a um grande professor por onde deveria começar, pois queria conhecer bem a Língua Portuguesa. O professor lhe respondeu que ele começasse pelo verbo, que estudasse verbo, que se aprofundasse em verbo. E agora ele me fazia a mesma pergunta: Por onde começar o estudo da Bíblia?

Eu respondi: Comece pelo Verbo! – Como? perguntou ele sem entender. E eu expliquei que ele começasse pelo Verbo, pois o Verbo é Jesus:

1 No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.

2 Ele estava no princípio com Deus.

3 Todas as coisas foram feitas por intermédio dEle, e sem Ele nada do que foi feito se fez.

4 NEle estava a vida, e a vida era a luz dos homens;

12 Mas, a todos quantos O receberam, aos que crêem no Seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus;

13 os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.

14 E o Verbo Se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade; e vimos a Sua glória, como a glória do unigênito do Pai.

João 1:1-4, 12-14

O Verbo é Jesus. Ele Se fez gente e habitou entre nós. Foi o Cordeiro de Deus Que veio para ser o sacrifício substitutivo pelos nossos pecados. Morreu por nós, ressuscitou ao terceiro dia. E em Seu Nome é pregada a salvação eterna!

Então, comece pelo Verbo, amigo!

Mesmo num Retiro de Casais, com o tema sobre família e sobre relacionamentos, a mensagem da Salvação acontece. Ela é prioritária e deve ser propagada, pois o Evangelho é missionário, é urgente. Por isso, como Marcos nos ensina, sua pregação deve ser clara, objetiva e direta. Devemos ser fiéis na emissão e na recepção!


Pr. José Nogueira


2006-12-14 00:0


TV Cristo é Vida - Ao Vivo aos Domingo
Israel 2018

© IBFCV • Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Avenida K, nº 911 - Planalto da Barra - Vila Velha - Fortaleza - Ceará - Brasil - CEP 60348-530 - Telefone: +55 85 3286-3330