Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Bíblia Online

[ cristoevida.com ]

  • youtube
  • Instagram
  • twitter

Mensagem Pastoral

IGREJA BATISTA FUNDAMENTALISTA CRISTO É VIDA
www.cristoevida.com


Que Tipo de Solo?


Que Tipo de Solo?

14 O semeador semeia a palavra.

15 E os que estão junto do caminho são aqueles em quem a palavra é semeada; mas, tendo-a eles ouvido, vem logo Satanás e tira a palavra que neles foi semeada.

16 Do mesmo modo, aqueles que foram semeados nos lugares pedregosos são os que, ouvindo a palavra, imediatamente com alegria a recebem;

17 mas não têm raiz em si mesmos, antes são de pouca duração; depois, sobrevindo tribulação ou perseguição por causa da palavra, logo se escandalizam.

18 Outros ainda são aqueles que foram semeados entre os espinhos; estes são os que ouvem a palavra;

19 mas os cuidados do mundo, a sedução das riquezas e a cobiça doutras coisas, entrando, sufocam a palavra, e ela fica infrutífera.

20 Aqueles outros que foram semeados em boa terra são os que ouvem a palavra e a recebem, e dão fruto, a trinta, a sessenta, e a cem, por um.

Marcos 4:14-20

Jesus explicou a parábola do semeador pormenorizando cada um dos elementos:

O Semeador: É o próprio Jesus. Ele é o pregador que está a anunciar as boas-novas da salvação. Ele assume em Si o anúncio de João Batista da chegada do Messias: a consolação de Israel e a luz dos gentios.

A Semente: É a Palavra de Deus. Ela está sendo espalhada em todos os tipos de solo. Todos os tipos de pessoas a recebem. Ela é como uma semente, isto é, não parece ser muita coisa. Vista pela aparência, ela é até mesmo insignificante. Contudo, há um grande poder latente nela. Ela germina. De sua simplicidade brota vida e vida abundante. Ela é capaz de produzir fruto. Como geradora, ela é poderosa para fazer nascer nas pessoas uma vida inteiramente nova. Esta nova vida é o seu propósito na inseminação de cada um.

Os Solos: São as pessoas. Elas não são iguais. Há um Semeador e uma só Semente, mas as pessoas são diferentes:

1 – O Solo Junto ao Caminho:

E os que estão junto do caminho são aqueles em quem a palavra é semeada;

mas, tendo-a eles ouvido, vem logo Satanás e tira a palavra que neles foi semeada.

Vs. 15

São as pessoas que não conseguem sequer reter por alguns momentos a Palavra de Deus. Pois, como disse Jesus, logo vem Satanás e afasta delas a Palavra que lhes foi plantada. São as pessoas que deixam que as interferências as perturbem ao ponto de não serem capazes de ouvir a Palavra de Deus. O Semeador, Jesus, consegue pouco com elas, pois seus ouvidos estão abertos aos ruídos, ao rumor das notícias, ao som das músicas, às captações de outras falas. Mas, quanto à Palavra de Deus, ela demora pouco em suas cogitações, e,portanto, logo é extraída.

2 – O Solo de Pedras:

Do mesmo modo, aqueles que foram semeados nos lugares pedregosos são os que, ouvindo a palavra, imediatamente com alegria a recebem;

mas não têm raiz em si mesmos, antes são de pouca duração;

depois, sobrevindo tribulação ou perseguição por causa da palavra, logo se escandalizam.

Vs. 16 e 17

São as pessoas que recebem a palavra de forma superficial. Não deixam que a Palavra de Deus finque raízes em seu coração. Elas com boa receptividade e alegria ouvem a Palavra. São até diligentes em, com presteza, abrirem as portas de sua vida à mensagem do Semeador. Todavia, não permitem que a Palavra se absolutize em sua existência. Haverá, para elas, sempre algo mais importante. Por isso, quando chegam as coisas que se rivalizam com a Palavra, elas abandonam a Palavra de Deus. Elas negociam com o inegociável. A Palavra se torna um escândalo (um tropeço) para o seu estilo de vida.

3 – O Solo Cheio de Espinhos:

Outros ainda são aqueles que foram semeados entre os espinhos;

estes são os que ouvem a palavra;

mas os cuidados do mundo, a sedução das riquezas e a cobiça doutras coisas,

entrando, sufocam a palavra, e ela fica infrutífera.

Vs. 18 e 19

São as pessoas que abrigam bem a Palavra. A Palavra de Deus é bem recebida, é bem agasalhada naquele coração sedento. Porém, é um coração povoado de outras sementes. Tudo ali é bem recebido. Tudo tem seu devido acolhimento: há as preocupações com a vida, e toda preocupação tem seu próprio modo de tratá-las (remédios, superstições, paradigmas enraizados, etc.); há a sedução das riquezas (dinheiro e status são importantes); há as cobiças (os desejos, as preferências, os próprios sonhos, o pensamento do que seja melhor para ela, o que a tornará mais feliz, plena e realizada).

A Palavra de Deus com o seu poder e sabedoria é, na verdade, a solução de todos os anseios daquele solo. Contudo, naquela vida, ao invés de ser a resposta, a Palavra ali é uma competidora. Torna-se um elemento castrante, inibidor, cerceador da "liberdade". Naquele tipo de solo, tão cheio de espinhos tão bem cultivados, ela, infelizmente, não pode produzir seu fruto.

4 – O Solo Bom:

Aqueles outros que foram semeados em boa terra são os que ouvem a palavra e a recebem,

e dão fruto, a trinta, a sessenta, e a cem, por um.

Vs. 20

Jesus nos deu a melhor explicação para entendermos os tão diferentes tipos de resultados que a Sua Palavra produz na vida das pessoas que O ouvem.

Não depende do Semeador. Ele é o mesmo, com Seu amor, graça, misericórdia e sabedoria.

Não depende da Mensagem. Ela é a mesma, desde aquele tempo até hoje. É simplesmente a Palavra que saiu da boca de Deus.

Tudo vai depender do solo que recebe a semente. Tudo vai depender do tipo de coração que vai acolher a Palavra de Jesus. Para os homens a Palavra de Deus é como uma semente. Parece apenas mais uma coisinha. Contudo, alguns percebem a grandeza do Semeador, crêem no poder da Semente. E recebem esta Palavra. A Palavra de Deus se torna a fonte de suas vidas nesses desertos do mundo, sua bússola em meio a tantas desorientações, seu maior valor em meios de tantos competidores. Ela, finalmente, se torna absoluta, e resto é apenas marketing. Assim, não é apenas ela, é o SEMEADOR Que reina, conforta, orienta, produzindo vida e vida nova, cheia de frutos e de novo sentido.

Quero ser sempre o bom solo. Mas, às vezes (muitas vezes?) me comporto como o solo da beira do caminho, um verdadeiro Erasmo Carlos sentado a beira de um caminho que parece não ter mais fim. Impedindo a Palavra de Deus de alojar-se em mim, de penetrar-me até as entranhas do meu ser, para que fique, se estabeleça, finque raízes, e produza o seu bendito fruto.

Sinto-me às vezes um solo rochoso, seco, impenetrável, em que mesmo a Palavra de Deus, com todo seu poder, não consegue se aprofundar para fazer a diferença. Aridez tão terrível que somente a graça de Deus pode transformar num oásis. Assim, tenho que fiar-me em Sua misericórdia. Esperar Sua chuva. Ela com certeza virá!

Outras vezes (e não adianta querer me enganar) sou rodeado de espinhos. Eles são bem atrativos aos meus olhos, se alojam em meu cérebro e tomam conta de meu coração. Cercam-me e querem sufocar a Palavra. São cheios de concessões. Parecem dizer que não querem tomar conta do pedaço, apenas exigem um justo lugar. Contudo, é mentira. Vêm para substituir, para tomar posse e governar. A luta se instala.

Mas, a Palavra de Deus e o Seu SEMEADOR são vencedores. Eles já receberam, de mim, com alegria, a autorização eterna de propriedade sobre todo o meu ser Os "competidores" já foram derrotados na Cruz do Calvário. Amém!


Pr. José Nogueira


2006-01-16 00:0

TV Cristo é Vida - Ao Vivo aos Domingo
Israel 2018

© IBFCV • Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Avenida K, nº 911 - Planalto da Barra - Vila Velha - Fortaleza - Ceará - Brasil - CEP 60348-530 - Telefone: +55 85 3286-3330