Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Bíblia Online

[ cristoevida.com ]

  • youtube
  • Instagram
  • twitter

Missões - TOM
Tempo de Oração por Missões

Intercedendo pela China



IGREJA BATISTA FUNDAMENTALISTA CRISTO É VIDA
www.cristoevida.com


2003-11-26 00:00:00

Intercedendo pela China


Diaconia de Missões


Você quer ser usado por Deus para salvação de vidas?
Pr. José Nogueira

Romanos 10:1-17


Deus está envolvido no trabalho evangelístico tanto do ser humano individual, como dos grupos mais distantes. De capa a capa da Bíblia Sagrada encontramos este tema:
O homem fugindo de Deus e Deus a buscar o homem perdido.
Estamos nós, filhos de Deus, comprometidos com esta verdade?
Havia esse compromisso na vida do apóstolo Paulo. No capítulo dez da Epístola aos Romanos encontramos o modelo de Paulo no cumprimento de sua responsabilidade evangelística. Estudemos, pois, seu 'modus operandi' a fim de que também sejamos praticantes dessa delegação divina. Primeiramente vejamos o que é preciso para que sejamos esses homens e mulheres de Deus que serão usados por Deus:

1. Ter compulsão espiritual - vs. 1
Evangelismo e Missões são subprodutos do amor e da paixão pelos perdidos. Orar pelos perdidos, evangelizar e fazer Missões deve ser apenas a erupção do vulcão que está ativo em nosso coração. Paulo sentia isso pelos judeus.
Estudamos o Salmo 14. Romanos 10 começa onde termina o Salmo 14. O salmista depois de descrever a incredulidade humana e lembrar o juízo de Deus, expõe seu sentimento de não-conformação com o status quo, no verso 7. Algo em seu interior o fazia buscar a Deus para resolver tanta corrupção da humanidade. Paulo sentia o mesmo.
Em Romanos 9:1-3, Paulo diz três coisas seríssimas:
a) Sentia uma dor incessante na alma pela salvação dos judeus.
b) Estava disposto a ser perdido, se isto redundasse em salvação dos judeus.
c) Sentia profundo amor pelos que rejeitavam o Evangelho.
É o mesmo sentimento revelado em Moisés, em Êxodo 32:31-32.
Uma coisa fica bem clara: ninguém se disporá a orar com paixão pelos perdidos, a percorrer o desconforto, a ficar a mercê de piadas e perigos, a colocar-se em situação de ridículo, a encarar o diabo, em todo o aspecto da obra evangelística, se não houver esta profunda e incessante compulsão espiritual. Esta é a primeira e a mais imprescindível característica do crente que é usado por Deus. Não foram os mornos que desbravaram os confins da terra com a Palavra da Verdade. Não foram os apáticos nem os teóricos que ganharam almas. Não foram os acomodados, nem os comodistas, que se embrenharam nos recantos mais inóspitos da terra em busca de salvar povos não-alcançados. Foram os loucos, os incompreendidos pelo mundo e pelos seus contemporâneos, que se tornaram os heróis da fé - Hebreus 11:35-38!
Patrício (389 a 461 d.C.) é um desses exemplos. Nascido em uma rica família cristã da Inglaterra, foi raptado e levado para Irlanda aos 16 anos. Na Irlanda agonizou como escravo. Sofreu nas mãos de bárbaros e pagãos. Recorreu à sua fé para suportar tamanha dor. Depois de seis anos conseguiu fugir e voltar para Inglaterra. Contudo, apesar da alegria e da riqueza de seu lar, sentia um incessante dor no coração pela salvação dos irlandeses que viviam nas trevas. Por isso, depois de preparar-se, voltou à Irlanda como missionário, onde passou pelas mais difíceis provas de sofrimento. Porém, ao morrer aos 70 anos, deixou uma Irlanda cristã.

2. Compreender os empecilhos do povo para entender o evangelho - vs. 2 e 3
Para Paulo eram claros os obstáculos que os judeus tinham levantado para impedir a entrada do Evangelho em suas mentes. Paulo percebia que tinham zelo religioso, mas não tinham entendimento. Que haviam criado uma 'doutrina' que substituía a Doutrina de Cristo. E que, por isso, se rebelavam contra o ensinamento de Deus.
Precisamos da mesma compreensão em nossos dias. Como evangelizar um católico tradicional? Talvez um estudo dos 10 Mandamentos, em Êxodo 20. Ou um estudo do Salmo 115.
Como confrontar um hedonista? Talvez textos como Lucas 9:25 e 12:18.
Como apresentar a verdade a um espírita kardecista? Um estudo de Atos 16:16 e seguintes.
Como esclarecer a verdade para um enganado adepto da IURD (Igreja Universal do Reino do Dinheiro)? Um bom estudo de 2 Coríntios 11:12-15 seria um ótimo começo.
E como exortar uma pessoa envolvida com candomblé? Seria bom explicar o que Deus pensa dessas práticas, em Apocalipse 9:20 e seguintes.
É preciso saber quais as muralhas que impedem a entrada do Evangelho, a fim de que possamos levar as respostas que eles anseiam!

3. Crer na justificação pela fé - vs. 4-11
Esta é a mensagem do Evangelho do Senhor Jesus Cristo. O homem é salvo pela graça de Deus e recebe este presente pela fé. Paulo apresenta esta verdade em cinco passos:
a) Cristo é o fim da lei - vs. 4
O homem não é salvo pela lei, mas pela fé em Cristo. O homem é salvo para obediência e não pela obediência. Gálatas 5:1-4
b) A lei não salva - vs. 5
Só Cristo cumpriu a lei. Estude Tiago 2:10-13.
c) Salvação é obra exclusiva de Deus - vs. 6 e 7
Foi Deus Quem trouxe Cristo. Foi Ele Quem O ressuscitou dentre os mortos. Em Sua morte, Cristo bradou:


0





Pedidos de oração:

1. Vamos lembrar os chineses do Brasil e de nossa cidade, para que sendo evangelizados, muitos tornem-se missionários a fim de ganhar os de seu povo em outros locais. 2. Pelo governo chinês (I Tm 2:1-2) e pelo enfraquecimento das restrições à entrada de missionários e à evangelização. 3. Pelo envio de Bíblias e material de ensino, para os crentes chineses. 4. Por programas de rádio, para alcançar com a mensagem do evangelho, os vários grupos de povos chineses, e que els possam ser descobertos por missionários itinerantes e sejam integrados em igrejas locais. 5. Por seminários e cursos de treinamento para os líderes das igrejas nas vilas e povoados; carentes dos recursos das tecnologias atuais. 6. Lembrar o trabalho de evangelização com crianças, para que o Senhor salve a nova geração de chineses, dos ensinos ateístas.

© IBFCV • Igreja Batista Fundamentalista Cristo é Vida

Avenida K, nº 911 - Planalto da Barra - Vila Velha - Fortaleza - Ceará - Brasil - CEP 60348-530 - Telefone: +55 85 3286-3330