AS DEZ APARIÇÕES DE JESUS RESSURRETO

A DÉCIMA APARIÇÃO: AOS DICÍPULOS POR OCASIÃO DA ASCENSÃO AO CÉU,
NO MONTE DAS OLIVEIRAS, EM JERUSALÉM

Estamos quase chegando ao fim da jornada que empreendemos: Pesquisar e estudar, em o Novo Testamento, as dez aparições de Jesus com o corpo ressurreto, durante os 40 dias, desde a Sua Ressurreição (no Domingo da Ressurreição) até o dia de Sua Ascenção ao Céu.

Estudamos a Primeira Aparição: À Maria Madalena – Marcos 16:9-11.

A Segunda Aparição: Às Mullheres próximo ao Jardim do Túmulo – Mateus 28:5-10.

_A Terceira Aparição: Jesus Aparece aos Discípulos no Caminho de Emaús! – Lucas 24:13-35

A Quarta Aparição: Jesus Aparece a Pedro! – Lucas 24:34 e 1 Coríntios 15:4-5.

A Quinta Aparição: Jesus Aparece a 10 dos 11 Apóstolos! – Lucas 24:36-49; João 20:19-25.

A Sexta Aparição: Jesus Aparece a 11 apóstolos (Tomé Presente) – João 20:26-29.

A Sétima Aparição: Jesus Aparece a 7apóstolos numa Praia do Mar da Galiléia! – João 21:1-14

A Oitava Aparição: Aos Apóstolos e mais de 500 Discípulos na Galiléia! – 1 Coríntios 15:6 e Mateus 28:16-20.

A Nona Aparição: A Tiago, Meio-Irmão de Jesus – 1 Coríntios 5:7

Vamos agora nos deter na última aparição de Jesus, desde a Sua ressurreição até a Sua ascensão:

A DÉCIMA APARIÇÃO: AOS DICÍPULOS POR OCASIÃO DA ASCENSÃO AO CÉU, NO MONTE DAS OLIVEIRAS, EM JERUSALÉM

Texto Sagrado: Atos 1:3-12

3   Aos quais também, depois de ter padecido, Se apresentou vivo, com muitas provas infalíveis, sendo visto por eles por espaço de quarenta dias, e falando das coisas concernentes ao reino de Deus.

4   E, estando com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, que, disse Ele, de Mim ouvistes.

5   Porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias.

6   Aqueles, pois, que se haviam reunido perguntaram-Lhe, dizendo: Senhor, restaurarás Tu neste tempo o reino a Israel?

7   E disse-lhes: Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo Seu próprio poder.

8   Mas recebereis o poder do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-Me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria, e até aos confins da terra.

9   E, quando dizia isto, vendo-O eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem O recebeu, ocultando-O a seus olhos.

  1. E, estando com os olhos fitos no céu, enquanto Ele subia, eis que junto deles se puseram dois homens vestidos de branco._

11   Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu O vistes ir.

12   Então voltaram para Jerusalém, do monte chamado das Oliveiras, o qual está perto de Jerusalém, à distância do caminho de um sábado.

 

Local: O texto diz que foi no Monte das Oliveiras, que está no lado leste de Jerusalém, depois do Vale do Cedron. Jornada de um Sábado = cerca de 900 metros – Vs. 12.

 

Personagens: Pelo texto, parece que apenas os 11 apóstolos participaram.

 

Tempo: Essa narrativa não especifica o dia, apenas diz que foi no 40º dia da ressurreição de Jesus – Vs. 3. Se fizermos as contas, e levarmos em conta que Jesus foi crucificado na Páscoa Judaica, que ressuscitou ao 3º dia e teve um intervalo de 40 dias entre a ressurreição e Sua ascenção, temos, então 43 dias após Sua morte na Páscoa.

 

_Observações:

1 – Apresentou-se vivo com Provas Incontestáveis – Vs. 3

“Aos quais também, depois de ter padecido, Se apresentou vivo, com muitas provas infalíveis, sendo visto por eles por espaço de quarenta dias, e falando das coisas concernentes ao reino de Deus.”

Os textos sobre as aparições de Jesus têm o claro propósito de atestar de forma indubitável a ressurreição literal de Jesus. Reveja João 20:30 e 1 Coríntios 15:5-8. Por isso há o registro dEle entrando em salas trancadas, mostrando Suas cicatrizes, comendo com os discípulos e estando com eles várias vezes.

 

2 – A Promessa do Pai – Vs. 4-5

”4   E, estando com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, que, disse Ele, de Mim ouvistes.

5   Porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias.”

Jesus repetidamente prometeu que Seus discípulos esperassem em Jerusalém, porque o Pai lhes iria enviar o Espírito Santo (Lucas 11:13 e 24:49; João 7:39 e 14:16 e 26).

 

3 – A Preocupação com o Reino de Israel – Vs. 6-8.

6   Aqueles, pois, que se haviam reunido perguntaram-Lhe, dizendo: Senhor, restaurarás Tu neste tempo o reino a Israel?

7   E disse-lhes: Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo Seu próprio poder.

8   Mas recebereis o poder do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-Me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria, e até aos confins da terra.

Havia ainda a expectativa de que a implantação do Reino de Deus na terra seria em breve, porém Jesus apresenta, na sequência, que havia outros elementos na Cronologia do Programa Divino. Haveria o ministério do Espírito Santo na vida dos crentes e a pregação do Evangelho até aos confins da Terra, depois é que aconteceria a Sua Segunda Vinda.

 

4 – Jesus foi Assunto ao Céu – Vs. 9.

”9   E, quando dizia isto, vendo-O eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem O recebeu, ocultando-O a seus olhos.”

Lucas, autor do Livro de Atos, já tinha mencionado isso nos versos 1 e 2, desse primeiro capítulo:

“1   Fiz o primeiro tratado, ó Teófilo, acerca de tudo que Jesus começou, não só a fazer, mas a ensinar,

2    Até ao dia em que foi recebido em cima, depois de ter dado mandamentos, pelo Espírito Santo, aos apóstolos que escolhera.”_

 

5 – Jesus Voltará e Seus Pés Pisarão o Monte das Oliveiras Novamente! – Vs. 10-11.

  1. E, estando com os olhos fitos no céu, enquanto Ele subia, eis que junto deles se puseram dois homens vestidos de branco._

11   Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu O vistes ir.

A promessa infalível é que Jesus Cristo voltará  a fim de estabelecer o Seu Reino.

O texto do profeta Zacarias (14:3-4) descreve com precisão impressionante:

3   E o SENHOR sairá, e pelejará contra estas nações, como pelejou, sim, no dia da batalha.

4   E naquele dia estarão os Seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; e o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, para o oriente e para o ocidente, e haverá um vale muito grande; e metade do monte se apartará para o norte, e a outra metade dele para o sul.”

MARANATHA – VEM SENHOR JESUS!

 

Leave a Reply

Deseja receber nossas novidades?

É só cadastrar seu email para receber nossos informativos!